TÓPICOS

Alerta, libélulas em perigo de extinção

Alerta, libélulas em perigo de extinção


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

A equipa de biólogos da Associação Odonatológica da Andaluzia encontrou novas populações de três libélulas protegidas e altamente ameaçadas no decorrer de um estudo efectuado nos rios da Costa del Sol e Sierra Bermeja (Málaga).

Entre estas, a Macromia splendens, declarada pela legislação andaluza de 2003 em perigo crítico de extinção, destaca-se pelo seu "altíssimo grau de ameaça".

Junto com essa espécie extremamente ameaçada, os pesquisadores descobriram que duas outras espécies ameaçadas, Gomphus graslinii e Oxygastra curtisii, também mantêm várias populações desconhecidas nesses rios.

A Associação Odonatológica garantiu esta terça-feira por meio de um comunicado que os resultados publicados mostram que a Serra Bermeja abriga o mesmo número de espécies de libélulas que o Parque Nacional de Doñana ou o Parque Natural Cazorla.

Eles também mostram que todos os seus rios estão em um estado de conservação "excepcional" por abrigarem as espécies mais ameaçadas e exigentes da Península, como Macromia splendens e Gomphus graslinii, que atualmente só sobrevivem em espaços pouco alterados e são protegidos por várias leis e diretivas regionais, estaduais e comunitárias.

No entanto, o futuro de algumas destas populações “não parece muito promissor”, visto que a sua área de distribuição coincide com áreas que antes estavam fora da área protegida da Serra Bermeja –LIC Sierra Bermeja-Real–, como no caso de várias populações encontradas em Estepona (Málaga).

Ainda mais preocupante é o caso de Benahavís (Málaga), eles se arrependeram da associação, já que sua distribuição muitas vezes coincide diretamente com áreas classificadas como terrenos urbanos no PGOU e aguardam a aprovação final da Junta de Andalucía, como as fazendas de Montemayor, La Romera e parte de La Resinera, na bacia de Guadalmansa, ou Altos de la Quinta na bacia de Guadaiza, rios declarados Área de Proteção Especial pelo Governo da Andaluzia no início de 2015.

Diversas denúncias de moradores do município e associações ambientais foram encaminhadas à Câmara Municipal de Benahavís e ao Ministério do Meio Ambiente solicitando que essas terras "de alto valor ecológico" se tornassem solos rústicos de proteção especial no novo PGOU, evitando assim a expansão urbana para destruir irreversivelmente seus ecossistemas.

Os próprios autores do estudo destacaram na discussão dos seus resultados a necessidade de proteger estes ecossistemas únicos que estão a desaparecer devido à especulação e aconselharam a Sierra Bermeja um nível de protecção que está realmente em linha com os seus valores ambientais: a figura de um Parque Nacional.


Vídeo: LIBÉLULA - Um animal de grande importância para nossa saúde - NATUREZA INCRÍVEL (Julho 2022).


Comentários:

  1. Meztilabar

    esta mensagem é incomparável))), gosto muito :)

  2. Bradon

    É interessante. Diga -me onde posso ler sobre isso?

  3. Melburn

    Aliás, esse pensamento ocorre agora

  4. Tygozshura

    A taxa atual é pequena))

  5. Moogushakar

    hilariamente



Escreve uma mensagem